Translate

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Navio da Vale finalmente atraca na China


A Vale atracou em um porto chinês pela primeira vez depois de mais de dois anos. O Shandong Da Ren (antigo Vale Malasya) de 402.285 t de porte bruto, atracou no porto de Dongjiakou em 02 de outubro, suspendendo dia 04 de outubro.

A gigante mineradora brasileira enfrentou a oposição de armadores chineses que disseram que o Valemax podia piorar o excesso de envio e roubar a quota do mercado. Esta foi a razão pela qual em 2012, o Ministério dos Transportes chinês proibiu as gigantes operadores de minério nos portos do país. A proibição forçou a Vale a construir uma instalação de transbordo na Malásia em uso e um centro de distribuição nas Filipinas e centros de trânsito na África para atingir os seus clientes chineses.

No mês passado, a Vale assinou um acordo com a China COSCO e a China Merchants Energy Shipping, que foi marcado como um descongelamento das relações.

A frota total pela empresa brasileira, seria capaz de transportar para a China cerca de 44 milhões de toneladas de carga por ano. O país asiático consome mais de dois terços do comércio transoceânico de minério de ferro do mundo (cerca de 1,3 mil milhões de toneladas).


Foto: Adri Schouten - Shipspotting.com
Fonte: VesselFinder
Adaptação de texto: Henrique Ferrinho